CASA Sri Aurobindo - Núcleo para o Livre Desenvolvimento da Consciência

A CASA Cursos Publicações Yoga Integral Biblioteca
 


Os Sentidos Supramentais (7)

Torna-se possível ser consciente, mais ou menos acuradamente e com discernimento, das atividades de mentes quer próximas a nós fisicamente ou à distância, compreender, sentir ou identificarmo-nos com seu temperamento, caráter, pensamentos, sentimentos, reações, seja por um sentido psíquico ou uma percepção mental direta ou por uma recepção muito sensível e frequentemente intensamente concreta deles, em nossa mente ou em sua superfície registradora. Ao mesmo tempo, nós podemos conscientemente tornar pelo menos os sis interiores e, se eles forem suficientemente sensitivos, a mente superficial de outros conscientes de nosso próprio si mental ou psíquico interior e plásticos a seus pensamentos, sugestões, influências ou mesmo lançá-los, ou a suas imagens ativas em influência, em seu subjetivo, mesmo em seu ser vital e psíquico para trabalhar ali como um poder e presença auxiliadora ou moldante ou dominadora.

O supramental não dependerá da intrumentação, por exemplo, dos sentidos, como a mente física é dependente da evidência dos sentidos, contudo ele será capaz de torná-los um ponto de partida para a formas mais altas de conhecimento, como será também capaz de proceder diretamente através dessas formas mais altas e fazer dos sentidos apenas um meio de formação e expressão objetiva.

Sri Aurobindo, The Synthesis of Yoga, Parte IV, Cap. XXIV (trechos)

* * *

As quatro austeridades e as quatro libertações (24)

Em todo caso, e como regra geral, quanto menos se fala de outros, mesmo para elogiá-los, melhor. Já é tão difícil saber exatamente o que está acontecendo em si próprio - como se pode saber com certeza o que está acontecendo nos outros? Portanto, você deve abster-se totalmente de pronunciar qualquer um desses julgamentos definitivos, que não são nada além de tolos, quando não rancorosos.

Quando um pensamento é expresso através da fala, a vibração do som tem um poder considerável de fazer a substância mais material entrar em contato com o pensamento, dando-lhe, assim, uma realidade concreta e eficaz. É por isso que nunca se deve falar mal de pessoas ou coisas ou dizer coisas que vão contra o progresso da realização divina no mundo. Esta é uma regra geral absoluta. Mas há uma exceção. Você não deve criticar nada, a menos que, ao mesmo tempo, você tenha o poder consciente e vontade ativa para dissolver ou transformar os movimentos ou coisas que você critica. Pois este poder consciente e vontade ativa terão a capacidade de infundir na Matéria a possibilidade de reagir e recusar a má vibração e, finalmente, corrigi-la para que se torne impossível a ela continuar se expressando no plano físico.

A Mãe, On Education, pg. 60

▪ CASA Sri Aurobindo - Rua Senhora das Graças, 16 sala 110 - Cruzeiro ▪ Belo Horizonte - MG ▪

Início | A CASA | Cursos | Publicações | Yoga Integral | Biblioteca

casa_sri_aurobindo@yahoo.com.br
CASA Sri Aurobindo © 1996 - 2016